Tratamento Medicação : Villa Ramadas
VillaRamadas

Tratamento Medicação

Estima-se que, na Europa, a prescrição de medicamentos atingiu valores idênticos ao consumo da cocaína e da heroína juntas. Quase 18% da população em alguns países europeus foram acusados de abuso de drogas prescritas. Muitos medicamentos podem ser viciantes se forem usados por longos períodos ou sem o controle de um médico. As drogas que são mais facilmente abusadas incluem analgésicos, sedativos e tranquilizantes.


Esta dependência (adição) é, cada vez mais, uma preocupação séria no campo da saúde pública, uma vez que sendo o uso de medicamentos socialmente aceite, existe a tendência para se desvalorizar e até mesmo encobrir este tipo de consumo e dependência.




Em VillaRamadas vemos que o individuio se transforma num viciado que sofre de uma doença complexa. O abuso de substâncias, embora legais, modifica o funcionamento do cérebro. A doença da adição, independentemente da droga, pode ser tratada. Infelizmente e como é do conhecimento geral, muitas foram as figuras públicas, de renome nacional e internacional, que por não terem alcançado o grau de honestidade e humildade necessário à admissão da sua dependência de medicamentos que as poderia conduzir a um eventual tratamento, acabaram por morrer de overdose.




Em VillaRamadas, acreditamos que todos aqueles que identificam e admitem a sua dependência física, psicológica e emocional de medicamentos podem, com a ajuda do modelo integrativo – Change & Grow – que implica uma profunda mudança interior, libertar-se completamente da sua dependência, que, numa grande parte dos casos, surge associada à depressão, à ansiedade, à frustração, ou a processos de luto mal lidados e/ou não ultrapassados.


Os indivíduos com esta doença podem se recuperar e reaprender a viver de uma forma serena, calma, equilibrada no presente.


A abordagem terapêutica para este tipo de dependência é efectuada através do modelo terapêutico Change & Grow aplicado nas mais diversas formas de terapia individual e grupal. É vital para o sucesso do tratamento, o indivíduo aceitar a doença, libertar o passado, definir objectivos para o futuro assim como desenvolver estratégias de copying de prevenção á recaída. A duração deste processo terapêutico, em regime de internamento, desenvolve-se entre um período aproximado de 135 dias até aos 180 dias. Após o tratamento é sugerido a frequência regular nos grupos terapêuticos mensais de After-Care.

Informações Complementares

Ler Testemunhos

Google Plus VillaRamadas