Adicta à internet

Tratamentos > Tratamento Internet > Adicta à internet
Yara, Madrid

Apesar de ter 28 anos e de já ter idade para ter juizinho, acabei por me deixar viciar pela blogosfera.

Inicialmente gozava sempre que alguém me falava do seu blog, pensava como é que alguém tinha paciência para tal, mas quando dei conta já tinha o meu próprio blog. Jurei para mim que só iria escrever quando tivesse horas vagas, sem que deixasse isso prejudicar a minha vida pessoal.

O pior é que não me soube controlar e depressa tinha toda a minha vida amorosa descrita no blog. Estava a viver uma fase complicada na relação e aqui ia desabafando os meus sentimentos e pensamentos. Escrevia enormes testamentos, que se arrastavam pela noite dentro. Na hora de ir trabalhar estava sem força e apática. O meu namorado descobriu o blog e leu o que eu escrevia. Acabou comigo e no trabalho fui repreendida por falta de atenção.

Só que estava viciada e já só me deitava depois das três da manhã. Andava com uma péssima cara e prestes a ter um esgotamento.

Por sorte os meus pais estavam atentos e ajudaram-me. Reencaminharam-me para este centro de tratamento e aqui renasci. Sentia-me uma pessoa sem vida e aqui voltei a sonhar e a perceber que a minha adição pela internet não era saudável.

Voltei a ter amigos e consegui recuperar a minha relação. Se não fosse a vossa ajuda, certamente ainda hoje estava prisioneira da blogosfera.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X