Dependente de Jogos Online : Villa Ramadas
VillaRamadas

Dependente de Jogos Online

O jogo destruiu a vida do meu filho mais velho. Com 18 anos saiu de casa para ir estudar para o Norte do país. Cedo revelou ser uma pessoa brilhante na área em que se estava a formar.

Ainda a estudar começou a trabalhar. Só que sem que eu desconfiasse, já andava a esconder há algum tempo um grande vício: era dependente de jogos online onde apostava dinheiro. Eu nem sabia que isso era possível… Sempre que estava comigo e com o pai pedia dinheiro, quantias avultadas e nós não percebíamos como é que ele não tinha, só que dizia que o custo de vida era grande e ganhava muito pouco.

Um dia recebi uma chamada do banco dele a informar que tinha que liquidar os créditos que tinha contraído, dando o pai como fiador. Encostámo-lo à parede e descobrimos que já não estudava, nem trabalhava, nem tinha carro, tudo para pagar dívidas de jogo. Andou num psicólogo, mas mesmo assim continuava a jogar. Tivemos que tomar medidas mais drásticas e entrou nesta unidade de tratamento.

Não sei o que lhe fizeram, só sei que mudou e tanto eu como o meu marido estamos encantados da vida. Veio viver connosco e faz questão de nos ter presentes na sua vida. Continua a frequentar o centro e a ter apoio.

Acredito que jogar não será mais uma opção.

Anónimo

Outros testemunhos Jogo

Tratamento Jogo


Google Plus VillaRamadas