Medicamentos: a minha droga

Tratamentos > Tratamento Medicação > Medicamentos: a minha droga
Anónimo

Desde que me lembro, os medicamentos fizeram parte da minha vida. Ora era porque tinha problemas de coluna, ou porque sofria de enxaquecas ou porque tinha uma dor de dentes… Tudo era motivo para tomar comprimidos e mesmo quando não tinha nenhuma dor, arranjava maneira de ter, nem que fosse de forma psicológica.

No trabalho, os meus colegas alertavam-me e chamavam-me de hipocondríaca. Em casa, os meus pais também me alertavam. Os meus amigos, o mesmo. Mas eu, de tão teimosa que era, continuava a automedicar-me. Numa das vezes, tal foi a mistura de medicamentos que fiz, que acabei no hospital e tive que fazer uma lavagem ao estômago.

Mas nem isto me serviu de lição. Meses depois, dava entrada de novo no hospital, desta feita num estado mais grave, onde entrei em coma por dois meses. Já ninguém acreditava na minha recuperação, mas quis Deus que eu tivesse mais uma oportunidade. Já ninguém sabia o que fazer para me demover deste problema.

Só que com este susto, acabei por perceber que se calhar devia reflectir bem e dar a mão à “palmatória”. Quando dei conta, já estava a tomar 27 comprimidos por dia, sendo alguns deles para doenças que eu nem conhecia muito bem…

Estava decidida a fazer algo para perder esta adição. Depois de tentar tudo e nada resultar, internei-me neste centro. Claro que no início ninguém reagiu bem, achavam que era um disparate e que bastava eu ter força de vontade que conseguiria por vontade própria controlar a situação.

Mesmo assim, fiz o tratamento e oito meses depois estava completamente livre dos medicamentos. Eu até estranhava estar a conseguir ser feliz, sem ter que recorrer a comprimidos. Toda a gente à minha volta, notou uma grande diferença.

Estava mais fluida, mais coerente, as paranoias tinham acabado. Afinal, o tratamento tinha feito um milagre, diziam-me. E a verdade é que fez mesmo, libertou-me para a vida. Hoje evito tomar medicamentos e mesmo quando estou doente, aguento sempre até á última.

É incrível como algumas decisões que se tomam na vida, conseguem mudá-la radicalmente.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X