Porque nunca é tarde : Villa Ramadas
VillaRamadas

Porque nunca é tarde

O meu marido sempre foi um adicto ao álcool. Quando o conheci já era, mas de forma controlada. Bebia socialmente, quando estávamos com os amigos e em casa, às refeições, bebia meia garrafa de vinho e eu achava normal.

Entretanto, a empresa onde trabalhava há 15 anos abriu falência. A partir daí, descontrolou-se. Com 45 anos, sentia-se um inútil e por mais entrevistas a que fosse, ninguém lhe dava emprego, alegando que já era velho. Refugiou-se no álcool. Sentia-se desvalorizado, além de que o facto de ser eu a sustentar a família, era situação que o incomodava verdadeiramente.

Bebia desde que acordava até adormecer. Apanhou uma cirrose. Os médicos avisaram-no de que precisava de fazer tratamento.

Acedeu, mas de nada valeu. Fez três tratamentos, mas nenhum deles adiantou. Na última vez, entrou em coma. Pensei que não recuperaria, mas afinal era forte e teve mais uma oportunidade. Tal foi o susto, que ele próprio se decidiu tratar. Procurou na internet e encontrou este centro de tratamento. Era um esforço final, sabia que se desta não resultasse, ninguém o perdoaria, nem eu o aceitava em casa.

Não sei se fiz bem em colocar pressão, mas ele precisava de “acordar” e começar a ter atitudes de homem. No início ainda gerou conflitos no centro. Quis desistir quase todos os dias. Eu estava firme em não aceitar que ele desistisse. Era curar-se ou o divórcio.

O tempo passou e começou a mudar de atitude. Eu que sempre duvidei da sua recuperação, comecei finalmente a ficar mais animada. Voltou a ser carinhoso comigo e com os filhos. Fazia planos, queria abrir o seu negócio e voltar a sentir-se útil. Como via que ele estava a recuperar, falei com a restante família que se mobilizou para o ajudar, quando o tratamento terminasse.

Assim foi. Sete meses depois, já em casa, andava positivo e a tratar de tudo. Em pouco tempo, abriu uma loja em regime de franchising. Só sei que este tratamento o tornou num novo homem. Nunca mais recaiu. Está “limpo” há 2 anos e confio que assim se vai manter.

Porque também a mim esta unidade de tratamento me deu esperança e me fez acreditar de novo na vida…

Silvia

Outros testemunhos Recaída

Tratamento Recaída



Google Plus VillaRamadas