Novo ânimo

Anónimo

A minha namorada nunca conseguiu lidar bem com a morte da mãe.

A ausência da mãe, que era a sua melhor amiga, deixou-a completamente descontrolada. Alienou-se do mundo e de todos, fechando-se no quarto. Entrou em depressão e teve que meter uma baixa psicológica para não perder o trabalho.

Passava os dias de pijama e na cama. Perdeu simplesmente a vontade de viver. Por mais que fizesse não a conseguia animar, só que uma gravidez inesperada mudou tudo e deu-lhe um novo ânimo. Foram nove meses vividos com muita ansiedade e finalmente reagiu. Mal a nossa filha nasceu, o sorriso na sua cara voltou.

Em homenagem à sua mãe, demos à nossa filha o seu nome. Tudo corria bem e voltou a engravidar. Nova alegria para a casa. Mas esta gravidez teve um fim trágico, sofrendo um aborto espontâneo. Não aguentou a tristeza e senti que ia entrar novamente em depressão.

Falei com ela e pedi para vir para este centro de tratamento fazer terapias de Renovação. Sabia que se ela voltasse à depressão, arriscava-me a perdê-la e isso não podia permitir. Ela não gostou da ideia inicialmente, mas depois de ver o site da clínica e ler alguns testemunhos, percebeu que aqui podia encontrar a ajuda que precisava.

E encontrou mais do que isso, encontrou amor, carinho, compreensão, amizade, respeito, auto-estima… Acreditem que não foi fácil estar sem ela, mas foi mesmo das melhores coisas que lhe podiam ter acontecido na vida, depois de tanto desgosto.

Regressou a casa com um enorme sorriso e cheia de esperança no futuro. Aprendemos, sim porque também eu aprendi algo com esta renovação, a viver um dia de cada vez e a não projectar coisas a longo prazo.

Acreditem que as coisas têm tido um sabor diferente, mas muito especial.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X