Internamento para a Automutilação - Tratamentos : Villa Ramadas
VillaRamadas

Internamento para a Automutilação

Embora , muitas vezes, seja o choque da descoberta, aliado a uma sensação de não saber o que fazer, que leva muitas famílias a procurar o internamento do seu familiar para a auto-mutilação, noutras é o próprio “doente” que se vê a braços com a sua impotência e lança um pedido de ajuda, vendo num centro de tratamento a sua derradeira esperança.


O internamento para a auto-mutilação favorece a proximidade do doente com um grupo de pacientes com diferentes dependências e com os profissionais especializados, e da sua família com a equipa terapêutica e com ele próprio, mediante a informação e a sensibilização que lhe serão proporcionadas.



Aí é fundamental restabelecer os laços afectivos do paciente com a família, que, por inabilidade, distracção, ou o que for, podem ter sido negligenciados, levando ao sentimento de abandono e ao isolamento.

Este constitui um dos objectivos do internamento para a automutilação, dando tempo e espaço ao paciente e à família para se reestruturarem e criarem condições propícias à mudança.

Por outro lado, o internamento oferece ao indivíduo a possibilidade de se inserir numa outra família, mais alargada, mais diversa, que é o grupo com o qual interagirá durante o tempo de permanência em tratamento.


As terapias que ajudarão o paciente a identificar formas mais eficazes de lidar com as frustrações, os dinamismos com os outros membros do grupo e as actividades de lazer e desportivas, são alguns pontos fortes do internamento, que contribuirão, de modo seguro, para o desenvolvimento das potencialidades do adicto e para a construção de uma auto-estima sólida rumo a uma vida saudável.

Informações Complementares

Ler Testemunhos

Google Plus VillaRamadas