Amor versus droga

Tratamentos > Drogas > Amor versus droga
Anónimo

Desde muito novo que tive contacto com drogas pesadas, filho de pai e mãe toxicodependentes, o mais certo era tornar-me também eu um toxicodependente. E foi isso que aconteceu.

Em criança já tinha acesso aos charros e daí até à cocaína foi um salto. Como sempre fomos uma família com possibilidades, devido a heranças, não precisávamos de trabalhar e vivíamos dos rendimentos. Chegou uma fase em que consumíamos em conjunto. Só que tudo mudou quando me apaixonei.

A rapariga não aceitou a minha adição e disse que só se relacionaria comigo se eu me conseguisse livrar das drogas. Tive uma conversa séria com os meus pais e também eles concordaram em me ajudar.

Assim, entrámos os três em recuperação no centro de tratamento. Os primeiros tempos foram horríveis, afinal já eram muitos anos de habituação às drogas, só que com o apoio de uma equipa maravilhosa e de pacientes amigos, conseguimos deixar o vício. Foi como se uma nova vida se abrisse para nós e um mundo de coisas boas que nem sabíamos que existia, por estarmos tão concentrados nas drogas.

Aqui a vida foi-nos devolvida …

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X