Novo começo

Tratamentos > Drogas > Novo começo
Anónimo

Ainda estou para saber como vim parar a este centro. Tive ajuda de um pai que nunca desistiu de mim. É difícil, mas foi a única coisa que resultou «só por hoje». O tratamento não foi fácil, mas encontrei identificação e pessoas que me deram espaço e me aceitaram tal como sou.

Lentamente, comecei a ganhar lucidez e o difícil foi sentir-me vulnerável e fragilizado, ou seja, comecei a sentir, mas o orgulho continuava lá e eu fechava-me e resistia. Realmente a diferença foram as pessoas, uns mais que outros mas o resultado é de todos.

Encontrei alguém que admirei, que tinha o que eu queria, que foi meu amigo, que sabia falar comigo, que não tentava dobrar-me, que me matava com tanto amor e eu cedia e ainda hoje o faço orgulhosamente.

Continuo a ir ao centro regularmente e apesar de hoje ter uma vida, sinto necessidade de lá voltar. Caminho sozinho e mudei completamente a minha vida. Por vezes sinto-me só mas é aparente, porque além de hoje ter amigos tenho também o centro e lá, não sei como nem porquê, sinto-me bem.

P. - Porquê tamanha gratidão para com este centro?

R. - Porque sei que gostam de mim. Obrigado a todos.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X