Raiva amorosa

Tratamentos > Raiva > Raiva amorosa
Anónimo

Hoje admito que sempre fui uma pessoa revoltada, mas maioritariamente com as injustiças da vida. Mas tornar-me uma pessoa com problemas de raiva em excesso, era algo que estava longe de imaginar. Até porque sempre fui uma pessoa amável e muito sociável.

Um desgosto de amor tornou-me uma pessoa diferente e mais amargurada. Há alguns anos que estava numa relação, com uma pessoa por quem fazia tudo. Pensava que era coisa séria e que um dia constituiríamos família. O casamento estava marcado e eu andava empolgada com os preparativos, ia ter o casamento de princesa com que sempre sonhara. Andava nas nuvens e nem algumas mudanças de humor do meu noivo, me deixavam insegura. Só que na véspera do casamento recebi umas fotos anónimas do meu noivo aos beijos com outra mulher. Caiu-me o mundo em cima e desgostosa cancelei tudo. A partir daí não consegui confiar em mais ninguém e tornei-me num “poço” de raiva…

Sempre que algum homem se aproximava de mim, já estava no ataque, não dando espaço a ninguém. Até que me encantei por uma pessoa que me desafiou e que mesmo com este meu feitio difícil, me aceitou. Começamos a namorar e quando queríamos dar um passo mais sério, ele pediu-me para fazer um tratamento para controlar os meus ataques de raiva. Acedi, porque gostava demais dele. Foi assim que iniciei o meu tratamento e que voltei a ser a pessoa calma e amável de antigamente.

Mas ainda ganhei mais, porque aqui conheci-me de verdade e percebi o que era preciso para ser feliz. Aos poucos retomo a minha vida, sem medo do futuro e sempre com um espírito positivo. Sei que não estou só e que aqui vou ter sempre uma palavra amiga.

Adoro-vos!

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X