Sexo destrutivo

Tratamentos > Vícios de sexo e amor > Sexo destrutivo
Anónimo

Não é fácil contar o motivo que me levou a este centro de tratamento, mas de qualquer forma, acho que poderá ser uma forma de me libertar de vez do passado.

Iniciei a minha vida sexual e a partir daí não mais parei. Durante a adolescência engravidei 3 vezes. Todos de rapazes diferentes e hoje entregues a lares de acolhimento.

Não sei se alguma vez os vou conseguir recuperar, esta é uma cruz com a qual vou ter que aprender a viver. Era uma ninfomaníaca e mesmo com apoio psiquiátrico e medicação não havia maneira de lidar com a situação. Acabei por contrair Sida.

Os meus pais abandonaram-me e completamente sozinha, sem forma de subsistir, entrei no mundo da prostituição. Poderia ser uma forma de saciar o meu desejo, mas os horrores sexuais a que era submetida, enojavam-me. O mais incrível é que tendo consciência de tudo isto, ainda era insaciável sexualmente.

Por vezes fazia amor desde o acordar até ao adormecer, sempre com parceiros diferentes. Só que acabei por me apaixonar por um destes parceiros. Sempre que ele vinha ter comigo era uma alegria e a partir daí estar com outros homens já não me satisfazia tanto. Depois de algum tempo de convivência contei-lhe o que sentia e a minha história de vida.

Afinal também gostava de mim, mas só me aceitaria se tratasse o meu vício de sexo.

Ajudou-me e dei entrada no centro. Estava decidida a mudar o meu destino e mudei mesmo. Aqui renasci e aprendi a dar valor à vida. Finalmente tenho sonhos e hoje acredito que um dia os poderei concretizar.

Quem sabe se um dia não terei o perdão dos meus pais ou se não me cruzarei com os meus filhos?

Afinal, tudo é possível…

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X