O que é a Automutilação?

Tratamentos > Tratamento Auto-Mutilação > O que é a Automutilação?

A automutilação pode também aparecer em concomitância com distúrbios alimentares, pelo que estar atento de forma a detetar os sinais de alerta destes distúrbios pode ser passível de fazer a diferença entre a vida e a morte. Os indivíduos procuram esconder os cortes e queimaduras enquanto podem, como um segredo que lhes confere poder e controlo. Muitos são os casos de automutilação que, todos os dias, dão entrada nas urgências dos hospitais, sem aceção de faixas etárias ou género.

A automutilação decorre do não desenvolvimento de estratégias saudáveis para lidar com a angústia, revelando uma fragilidade na construção da personalidade. Este hábito, tornado num padrão, é extremamente difícil de abandonar, pois a tendência será, invariavelmente, socorrer-se deste expediente para aliviar a pressão cada vez que a vida puser à prova indivíduos com tendência para tal compulsão. Existem, no entanto, saídas para esta doença que desafia a vida em cada golpe e em cada gesto de extinção da sua própria pessoa.

Há uma vertente da automutilação em que as inscrições no corpo funcionam como fatores de identificação no seio de um grupo, confundindo-se sofrimento com estética. A scarification é uma cicatriz semelhante a uma tatuagem, só que executada com um bisturi. O branding, igualmente doloroso, carimba a pele com um ferro quente, como se faz com certos animais.

Existem, neste repertório de autodestruição, diversas maneiras de aceder a um alívio temporário e a uma breve distanciação da amargura da alma. E apesar de as estatísticas apontarem para uma diminuição do número de suicídios, há indicadores de risco que estão a aumentar, como é o caso dos para-suicídios, ou seja das autoagressões.

A automutilação decorre do não desenvolvimento de estratégias saudáveis para lidar com a angústia, revelando uma fragilidade na construção da personalidade. Este hábito, tornado num padrão, é extremamente difícil de abandonar, pois a tendência será, invariavelmente, socorrer-se deste expediente para aliviar a pressão cada vez que a vida puser à prova indivíduos com tendência para tal compulsão. Existem, no entanto, saídas para esta doença que desafia a vida em cada golpe e em cada gesto de extinção da sua própria pessoa.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X