Tratamento Internet

Tratamentos > Tratamento Internet

A Sociedade Americana de Medicina da Adição (American Society of Addiction Medicine) definiu os vícios comportamentais como influenciadores de uma mudança no cérebro semelhante às verificadas com os vícios de substâncias. Estamos então perante uma "busca patológica de recompensas". O comportamento comum associado a esta busca verifica-e, então, excessivo. Referimo-nos, neste sentido, a comportamento que remetem para uma obsessão com compras, uso da internet, jogos, pornografia, cirurgias plásticas, exercício físico, sexo, limpeza, codependência e muitos outros que um indivíduo pode desenvolver.

A dependência da internet é um distúrbio comportamental que leva o indivíduo a passar para segundo plano todas as suas responsabilidades pessoais, familiares, sociais e profissionais.

Alguns dos sinais mais comuns da dependência da internet apresentam-se sob a forma de:

  •  Preocupação constante em estar “online”;
  •  Mentir sobre o tempo passado na Internet;
  •  Mentir sobre o tipo de conteúdos visualizados;
  •  Dores musculares e na coluna;
  •  Aumento de peso;
  •  Perda de sono (como consequência da estimulação psicológica e isolamento social);
  •  Isolamento, perda de hábitos de socialização e de higiene pessoal.

Os indivíduos dependentes da internet tendem a utilizá-la para compensar e aliviar a tensão e a depressão, preferindo o prazer temporário obtido através de relações virtuais a relações emocionais mais significativas, que muitas vezes se sentem incapazes de alcançar.

No tratamento da dependência da internet não nos concentramos no comportamento do indivíduo, concentramo-nos sim em quebrar o ciclo do ritual, mudar o comportamento e, posteriormente, remover a culpa, vergonha e desespero.

Os indivíduos que sofrem com esta dependência podem recuperar e (re)aprender a viver de uma forma serena, calma e equilibrada no presente.

A abordagem terapêutica para este tipo de dependência é efectuada através do modelo terapêutico Change & Grow® aplicado nas mais diversas formas de terapia individual e grupal. É vital para o sucesso do tratamento qjue o indivíduo aceite a doença, liberte o passado, defina objetivos para o futuro e desenvolva estratégias de coping de prevenção à recaída. A duração deste processo terapêutico, em regime de internamento, desenvolve-se entre um período aproximado de 90 a 150 dias. Após o tratamento é sugerida a frequência regular dos grupos terapêuticos mensais de Aftercare.

Informações Complementares:

Literatura:

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X