Tratamento da Dependência da Internet

Tratamentos > Tratamento Internet > Tratamento da Dependência da Internet

Em VillaRamadas, tendo, em conta as especificidades desta problemática, o tratamento da dependência da Internet segue trâmites idênticos àqueles que são utilizados no tratamento de outras adições.

Independentemente do modo de expressão da adição, a sua base é comum: refletindo-se na total incapacidade do indivíduo lidar com os próprios sentimentos.

Parte-se deste mesmo princípio para trabalhar o indivíduo no seu todo e não apenas o “retalho” da sua adição.

Na base do tratamento terá sempre de estar o autoconhecimento e a autoaceitação.

Esta estruturação permitirá ao paciente adquirir ferramentas que lhe facultem o controlo dos seus pensamentos obsessivos e, por conseguinte, da compulsão de estar horas a fio a navegar na Internet e a “perder-se” de si mesmo.

Gerir o tempo de forma diferente – inclusive no que concerne ao alinhamento de tarefas –, cultivando, entre outras opções, atividades alternativas é também assaz útil.

Um dos objetivos destas atividades pode ser a propiciação de um ponto de apoio no mundo real, a fim de mitigar a dependência psicológica e conquistar o controlo sobre a sua vida real.

É também importante que o paciente reconheça os elementos que o fazem desencadear os seus comportamentos: perceber os pensamentos e sentimentos antes e durante a ligação à Internet permite alcançar a compreensão do objeto de fuga, que se almeja ao estar online.

Embora a decadência física, mental e social do dependente da Internet possa não ser tão visível do exterior como acontece com outras dependências, ela consubstancia um problema grave que requer uma solução apropriada.

O tratamento da dependência da Internet desmistifica e clarifica causas e consequências da doença, pontos de equilíbrio e de desequilíbrio, apontando perspetivas de um futuro mais saudável e produtivo.

Para tal, a inclusão da família do paciente em todo o processo é fundamental, pois o acompanhamento em permanência irá apresentar frutos para os dois lados.

De facto, a obtenção de informação relativamente a este tipo de dependência, por parte dos familiares, reduz a censura destes para com a pessoa, estimula a comunicação entre todos e cria disponibilidade para o apoio, quer no decurso do tratamento, quer após o seu término.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X